Abriram inscricoes para viagem só de ida para Marte/ - IBAN Bankinter pode alterar para clientes Barclays - Os Melhores Momentos do Carnaval de Sesimbra - Alguns Clientes Desconhecem Recentes Aumentos de Custos na Conta Bancária - Dentistas das Universidades de Lisboa e Porto Fornecem Consultas a Baixo Preço

Sem resultados

Abriram As Inscricoes Para Viagem Só de Ida Para Marte

Por Sem resultadosSem resultados 2014-04-11 Ciencia Comentários

A empresa Holandesa “Mars One”, liderada pelo empresário Bas Lansdorp, está a desenvolver um projeto de voo espacial privado com o objetivo de estabelecer uma colônia humana permanente em Marte.

O Homem pode aterrar em Marte em 2023

O Homem pode aterrar em Marte em 2023

O sonho de colonizar Marte é algo com que a humanidade tem sonhando há cerca de 50 anos. E embora a ida à lua possa ter sido uma boa preparação para a missão a Marte, a verdade é que desde a missão Apollo 17 da NASA em dezembro de 1972, o homem nunca mais ultrapassou a chamada orbita baixa da Terra.

Segundo as informações disponíveis no site oficial da Mars One, em 2018 está previsto o envio do Mars Rover One, que vai provisões, equipamento e até as primeiras sementes que serão Portuguesas.

O veiculo Mars-one vai também explorar o terreno marciano e preparar tudo para a implementação dos primeiros módulos habitacionais, que só deve acontecer em 2021. Em 2023 está prevista a chegada dos primeiros colonos e só em 2025 será a chegada de mais colonos e mais recursos.

Ir a Marte Implica maiores Preocupações Técnicas ou Financeiras?

O astrofísico Dr. Chris Lintott da Universidade de Oxford diz que enquanto o projeto é tecnologicamente plausível, a dificuldade real será mesmo o financiamento. O Dr Chris Lintott refere ainda numa entrevista para a BBC que “tem de haver vontade política e músculo financeiro para fazer isso acontecer, e esse é o problema que ninguém foi capaz de resolver até agora”.

Mas Lansdorp não vê nenhum problema com o financiamento, ele pretende utilizar a receita dos direitos de transmissão para suprir as necessidades financeiras. Ou seja, o objetivo é criar uma transmissão televisiva diretamente de Marte de estilo “Big-brother”, sendo que desse modo Lansdorp pretende atingir o objetivo de gerar receitas através da publicidade, assim como garantir que o mundo vá assistindo a todo o processo único na história da humanidade.

Lansdorp se consultou com um dos co-criadores do Big brother, Paul Römer, e que pensa que o show poderia funcionar. Lansdorp afirmou ainda que “ao longo dos anos os telespectadores irão desenvolver uma ligação estreita com os candidatos astronautas. É por isso que a humanidade vai ficar interessada neste projeto por muito, muito tempo.”

n

“Esta será a coisa mais importante que a humanidade já fez. Explorar o nosso mundo e ir mais além é exatamente aquilo que os seres humanos fazem, faz parte integrante do nosso genoma. O sonho de ir a Marte é algo que se tornará realidade.” Bas Lansdorp

Pensando em ir? Leia Essa Parte

Este projeto é muito interessante, mas se está a pensar fazer parte desta aventura única, saiba que estão projetadas viagens só de ida. De acordo com a missão da Mars One, apenas estão previstas viagens só de ida e só de 2 em dois anos. A exigência técnica e financeira de trazer colonos de Marte parece fazer a Mars One eliminar por completo qualquer hipótese de regresso.

nn

No entanto, e para surpresa confessada de Lansdorm, as inscrições de voluntários continuam a chegar em grande numero.

Outra dificuldade que pode ser uma pedra no sapato nesta aventura interplanetária é a radiação. O espaço interplanetário está repleto de radiação solar e cósmica e a NASA estima que o prazo de um a três anos de ida e volta a Marte expõe os astronautas a cerca de 1000 vezes mais superior relativamente à exposição na Terra. Os efeitos da exposição à radiação incluem o aumento da probabilidade de cancro, de esterilidade, cataratas e outras patologias associadas. Sem proteção adequada contra radiação em Marte os colonos podem estar condenados a uma expectativa de vida reduzida, assim como possíveis dificuldades reprodutoras.

A viagem e a Vida em Marte

Durante a viagem de sete a oito meses, os astronautas vão perder massa óssea e muscular. Para além disso, e após viverem passado alguns anos no mais fraco campo gravitacional de Marte, seria quase impossível reajustar o corpo de volta à gravidade muito mais forte da Terra, diz Landsorp.

Os candidatos aprovados serão treinados física e psicologicamente. A equipe irá utilizar a tecnologia e os recursos existentes para todos os aspectos do projeto. Ou seja a energia será gerada a partir de painéis solares, a água será reciclada e extraída do solo e os astronautas terão de cultivar seus próprios alimentos.

Além do mais, e se algo não correr bem, estes novos colonos só terão rações de emergência ou material técnico nos voos regulares de reabastecimento a cada dois anos.

Para além das questões técnica, como irão estes futuros colonos fazer a vida em Marte suportável? Como você pode superar a monotonia da comida, da companhia, de cheiros, de espaços apertados? Você nunca iria sentir uma floresta de pinheiros, o mar a brisa de ar fresco ou até mesmo as paisagens urbanas. Em Marte não haverá céu azul ou nuvens, da mesma maneira que possivelmente nunca mais terá a possibilidade de experimentar tudo aquilo que tomamos como garantido aqui na Terra.

Parece loucura?

Isso pode parecer loucura. Mas todos os grandes passos na história da humanidade tiveram pelo menos algo de louco, pois só assim é possível alterar paradigmas. Este pode muito bem ser um desses casos.



Warning: mysqli_query(): MySQL server has gone away in /var/www/html/vhosts/pt.looker.news/htdocs/post.php on line 599

Warning: mysqli_query(): Error reading result set's header in /var/www/html/vhosts/pt.looker.news/htdocs/post.php on line 599

Warning: mysqli_num_rows() expects parameter 1 to be mysqli_result, boolean given in /var/www/html/vhosts/pt.looker.news/htdocs/post.php on line 601

Comentar
MySQL server has gone away